Oito maneiras de planejar viagem para a Europa


Poupar dinheiro é importante nas viagens
Planejar viagem é fundamental para economizar dinheiro

Oito maneiras de planejar viagem para a Europa, o alto custo sempre foi um problema quando se trata de planejar uma viagem à Europa.

A desvalorização do Real, somada as altas taxas de câmbio assustam e muitas vezes nos faz querer adiar ou desistir da viagem pelo velho mundo.

Nesse sentido, o planejamento e fundamental para uma viagem proveitosa, com o mínimo de estresse possível e o máximo de boas histórias trazidas na bagagem.

Por isso, ao definir o destino desejado, o viajante deve planejar-se com antecedência, levando em conta as melhores datas, fazendo comparativos de passagem aérea e hospedagem. Confira dicas valiosas para ajudar a planejar sua viagem.

1- Viajar fora de alta temporada

Não é de surpreender que o verão seja, na verdade, a pior época do ano para visitar a Europa. Em primeiro lugar, os preços são elevados, os hotéis são reservados e as filas dos museus estão fora de controle.

Viajar para Europa na baixa temporada viajar.com.brEm segundo lugar, esta é a experiência menos autêntica da Europa que você pode se permitir encontrar. Por quê? Os habitantes locais geralmente fogem em feriados e alta temporada de suas cidades. Normalmente, a temporada de verão na Europa é a experiência menos autêntica que você pode ter e certamente vai ser preenchida com cotoveladas e toques enquanto você testa sua paciência.

Então, quando você deveria viajar para a Europa? Literalmente qualquer um dos meses (e estações) fora do verão, como junho, julho e agosto. Normalmente, os preços também aumentam durante o Natal / Ano Novo, o que é claro para qualquer lugar do mundo.

2- Comparar preços (mesmo para companhias aéreas de baixo custo)

sites-de-passagens-aereas comparar preços viajar.com.br

Existem diversas plataformas como Skyscanner, Google, no qual é possível configurar a viagem desde o ponto de partida ate a chegada, número de escalas ou voos diretos, aeroportos de interesse onde decolar e desembarcar. Em segundos, são mostradas diversas opções de voo de diversas companhias. Ai e só dar um clique e mandar ver.

3- Comprar bilhetes de ida e volta de destinos diferentes

Se você estiver viajando para a Europa, provavelmente visitará mais de um país. Tradicionalmente, sempre foi mais barato reservar um bilhete de ida e volta do seu ponto de origem, mas os tempos estão mudando. Uma ótima maneira de economizar uma tonelada de dinheiro é reservar um voo só de ida para o seu ponto de partida, viajar de lá para o seu destino final (ou seja, pousar em Paris, viajar pela Europa Ocidental e voar de Praga na Europa Central, por exemplo).

Não precisa se preocupar em viajar em um loop de volta ao seu ponto de partida. Isso é particularmente útil se você pretende visitar o Oriente e o Ocidente, ou seja, voar para Moscou e voar de Paris.

4- Alugar um apartamento ou quarto privado

airbnb-alugar-apartamento-1 viajar.com.br

Sites como Airbnb.com e Wimdu.com (particularmente bons na Europa) se tornaram cada vez mais populares nos últimos anos, e por um bom motivo! Particularmente, se você estiver viajando em grupo, reservar um apartamento ou uma sala privada é uma ótima maneira de economizar dinheiro e viver como um morador local.

5- Economia séria: Couchsurfing + Housesitting

Couchsurfing Housesitting viajar.com.br

Se você tem espírito aventureiro, sua prioridade não é uma cama confortável e gosta de fazer amigos, pode dar um passo além: tente sites como Couchsurfing.com e Mindmyhouse.com se você quiser ficar completamente grátis! É isso mesmo, GRÁTIS!

6- Diversifique seu dinheiro

Leve dinheiro em espécie e seu cartão de crédito como uma segurança a mais, mas evite de usá-lo, em função das taxas e impostos cobrados, que tornam-no uma opção não muito vantajosa. Uma boa opção são os cartões de viagem pré-pagos, também conhecidos como cartões de moeda, permitem que você os carregue antes de ir para o exterior e os use como se fosse um cartão de débito para gastar ou retirar dinheiro, permitindo que você mantenha um controle rígido de seus gastos.

7- Reduza os custos com refeições

Alimentação e um dos itens que mais pesam no bolso do viajante. Contudo, o mais flexível. Se o hotel oferece refeições, aproveite para desfrutá-las o quanto pode. Outra boa dica é visitar os supermercados locais e comprar algumas frutas ou ingredientes para sanduíches e lanches.

Isso é especialmente útil se você planejar com antecedência e reservar um quarto com uma geladeira. Se o seu hotel não tem refrigerador no quarto, você pode sempre perguntar na recepção se eles vão armazenar sua comida no refrigerador do hotel.

Faça um pequeno almoço antes de sair para passear pelo dia; não só você será capaz de comer sempre que ficar com fome, mas você deve cortar seus custos de almoço substancialmente.

Na Inglaterra, por exemplo, os supermercados e farmácias oferecem o Meal Deal. Com apenas 3 libras, é possível comprar um lanche e escolher entre fruta, batata frita ou chocolate como acompanhamento e ainda uma bebida. Baita economia.

Comida barata e gostosa na Europa
Meal Deals são opções praticas, gostas e baratas. Créditos: The Sun

8- Dinheiro poupança de viagem: reduza os custos comerciais

Todo mundo quer levar lembranças, presentes para amigos e outras coisas interessantes que você encontra pelo caminho. Evite lojas de lembranças turísticas com preços inflacionados. Tente pesquisar lojas mais baratas em locais diferentes, pois os preços variam de uma região para outra. Outra alternativa é comprar algo do mercado local, como um chocolate, um azeite ou vinho. Não vai custar muito e sua família e amigos irão apreciar que você pensou sobre eles e você vai economizar um monte em seu orçamento.

Fonte: Redação Viajar









Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*