Cinco cidades para fazer bate e volta próximas de São Paulo


Holambra é um pedacinho da Holanda no Interior de São Paulo
A influência Holandesa é marcante na arquitetura da cidade

Cansado da loucura da selva de pedra? A menos de 100km da capital, há cinco refúgios que trarão o descanso merecido para aqueles que tem poucos dias para fugir da rotina.

Paranapiacaba

A charmosa Vila de Paranapiacaba, pertencente ao município de Santo André, está localizada no limite entre o Planalto Paulista e a Serra do Mar. São aproximadamente 40 quilômetros da capital, com opção do acesso de trem da CPTM. Aos domingos, é possível viajar pelo Expresso Turístico da CPTM que sai da Estação Luz.

A Vila, nomeada pelos índios tupis, tem no seu nome o significado “de onde se vê o mar” e surgiu a partir da ocupação inglesa na Serra do Mar para a construção da estrada de ferro Santos-Jundiaí, no final do Século 19.

Charmosa cidade, Paranapiacaba reúne dezenas de atracões turísticas
Estacão de trem num dia de inverno. Fonte Sesc SP

O local é uma boa opção para os amantes da natureza e de história. O Catarina Outlet tem mais de 100 lojas nacionais e internacionais com grandes descontos.

São Roque

A 70 quilômetros da capital, São Roque conserva os ares de interior. E rodeada por morros, sítios e muita beleza natural, o município e rico patrimônio histórico, cultural e ecológico. Possui uma excelente estrutura hoteleira e variada gastronomia para atender os turistas. No inverno, um bom vinho é a pedida ideal para aproveitar o clima gelado e visitar as vinícolas.

Sao Roque reúne vinícolas
Juntamente com Jundiaí, Amparo, Espirito Santo do Pinhal e Vinhedo, a charmosa São Roque figura na rota do vinho no interior paulista

Quem vai com crianças no fim de semana pode aproveitar o Ski Mountain Park e a Fazenda Angolana. São atrações bem diferentes: o parque conta com pista artificial de esqui e outras atividades. Já na fazenda, os pequenos podem entrar em contato com a natureza e com animais.

Para os adultos, todos os anos, durante a primavera, São Roque sedia a maior festa do Estado voltada aos admiradores da alcachofra e vinhos. São preparados diferentes pratos com base na flor que se destacou na cidade e, como não poderia faltar, são servidas rodadas de vinhos para degustação.

Para chegar ate la, siga pelas rodovias Raposo Tavares e Castello Branco.

Holambra

Um pedacinho da Holanda no Brasil! Localizada a pouco mais de 130 quilômetros de São Paulo e conhecida pelo cultivo de flores, a mistura dos dois países está sempre presente nessa charmosa cidade. Para quem não sabe, o projeto inicial dos imigrantes holandeses responsáveis por povoar Holambra era fazer da região a maior produtora de leite, e não de flores. A troca, idealizada pelos brasileiros e holandeses, deu certo. Hoje, a cidade é a principal exportadora do Brasil.

Holambra conheça a cidade das flores
A influência Holandesa é marcante na arquitetura da cidade de Holambra

A Holanda Brasileira tem atrativos como a Expoflora, maior evento de flores e plantas ornamentais da América Latina, e outros como a Cervejaria Schornstein: filial de uma cervejaria catarinense, produz na cidade sete tipos de cerveja artesanal, o Rancho da Cachaça, para aqueles que desejam conhecer o processo de fabricação do aguardente. A Confeitaria Zoet en Zout e de dar água na boca e não pode deixar de ser visitada antes de pegar a estrada de volta.

Embu

Localizada a apenas meia hora da capital paulista, na região de Itapecerica da Serra, Embu das Artes encanta por suas ruas de paralelepípedos e construções arquitetônicas típicas dos tempos do Brasil Colônia. Conhecido pela famosa feira de arte e artesanatos, realizada desde a década de 1960, o município recebe milhares de visitantes todos os fins de semana em busca de arte, cultura, lazer e boa gastronomia.

Embuse torna um verdadeiro refugio perto de Sao Paulo
Comercio moveleiro, artesanato e boa comida são um dos principais atrativos de Embu

Embu das Artes fica a 30 minutos do centro de São Paulo. A melhor via de acesso ao município é a Rodovia Régis Bittencourt (BR 116), pelos quilômetros 279 e 282, a partir da Marginal Pinheiros, em São Paulo, e pela Rodovia Raposo Tavares/ Rodoanel ou também pela Avenida Prof. Francisco Morato. De metrô ou ônibus, é recomendável descer na estação Campo Limpo, da linha 5-Lilás (Capão redondo – Santo Amaro) do metrô. De lá, sai o ônibus intermunicipal com o letreiro Embu Centro, que vai até o centro de Embu das Artes. Assim como no metrô Capão Redondo.

Santos

A cidade mais conhecida do litoral de São Paulo fica a pouco mais de 70 quilômetros da capital. Berço do maior porto da América Latina e do maior jardim de orla do mundo, é também o maior município do litoral paulista. Por lá, além de toda a extensão da praia, há uma série de opções de lazer. O Aquário de Santos é um deles e é um dos mais visitados pelos turistas. Criado em 1945, é o mais antigo do país.

Além das praias e do belo jardim que as contorna, o centro histórico da cidade e recheado de atrações. A bordo do bonde elétrico, o turista faz uma viagem ao tempo da fundação da cidade, passando por 40 pontos de interesse histórico e cultural. Com saída da Estação do Valongo – prédio de 1867, da primeira ferrovia paulista -, os elétricos dos séculos 19 e 20 percorrem 5km no Centro Histórico em cerca de 40 minutos, em roteiro monitorado por guia de turismo.

Santos oferece passeio de bonde
Com capacidade para 45 pessoas, o bonde 32 foi construído em 1911 é o mais antigo elétrico em circulação no país

Entre os locais em que a linha do bonde passa, está o Museu do Café, instalado no edifício da Antiga Bolsa Oficial do Café. O espaço apresenta ao visitante toda a trajetória da iguaria no Brasil e no mundo, com opções para degustação e compra.

Com informações do Portal do Governo de São Paulo.

Fonte: Editorial Viajar









Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*